Cerrado Basquete define comandante para 2018

Arte: Lucas Bolzan/DF Sports

Ano novo, planejamento novo. Esse é o lema do Cerrado Basquete que terá 2018 como um dos anos mais importantes de sua curta história. Pela primeira vez em uma competição nacional, onde disputará a Liga Ouro, a partir de fevereiro deste ano, a equipe candanga começa a se formar em busca do sonhado acesso. Visando o objetivo, a diretoria fez a primeira alteração na equipe, que foi no comando técnico.

O novo treinador se chama Alexandre Jackson. O “head coach” substituirá Marcão, que passa a ser auxiliar. Alexandre teve passagens por grandes clubes brasileiros, principalmente do Rio de Janeiro, como Botafogo, Fluminense e América. Professor do Núcleo de Esportes da Universidade de Brasília (UnB), o profissional inclusive já foi diretor técnico da BRABA (Liga de Basquetebol da Grande Brasília).

Dimitri Rodrigues, diretor do Cerrado Basquete, em entrevista ao DF Sports, afirma, que a contratação de Alexandre Jackson não é uma substituição, mas sim um passo a somar. “Alexandre é um cara excepcional e super capacitado. Inclusive coordena o núcleo de esportes da UnB. Conversei com ele e conseguimos que ele viesse somar no projeto. Então essa parte pedagógica do projeto em geral irá passar nas mãos dele, pois realmente nos faltava essa visão. Estávamos crescendo, porém não estávamos com essa linha pedagógica de forma clara. A vinda dele não tem a intenção apenas de ser o treinador, mas sim o coordenador técnico de todo o projeto. Então isso não foi uma substituição, mas sim uma soma em nosso projeto”, ponderou.

Elenco

Além da contratação do treinador, Dimitri adiantou à reportagem do DF Sports parte do elenco que disputará a Liga Ouro. Com o objetivo de valorizar atletas locais, a equipe, que irá contar com 18 jogadores no plantel, não terá “estrelas”. Porém, a diretoria visa contratar mais 3 a 4 atletas para fechar o grupo.

Confira os nomes de alguns jogadores:

– Paulo;
– Gabriel Magaline;
– Breno;
– Johnny;
– Iago;
– Alan;
– Peterson (ex- Filadélfia-DF);
– Tchielo;
– Bruce;
– Jonathan;
– Victor Silveira.

A Liga Nacional de Basquete (LNB) ainda não divulgou a tabela oficial da Liga Ouro, mas o Cerrado Basquete treina diariamente no ginásio da IESPLAN, com foco a competição nacional, além de outras locais e regionais.

Por Lucas Bolzan  

Os comentários estão encerrados.