Copa Verde: clima de decisão para o Jacaré

Arte: Lucas Bolzan

A noite desta quinta-feira (15), no Estádio Nacional de Brasília -Mané Garrincha, será um grande divisor de águas para o Brasiliense. A equipe terá a partida decisiva de classificação à próxima fase da Copa Verde. O adversário, atual campeão capixaba, Clube Atlético Itapemirim, vem à Brasília com a vantagem da vitória conquistada no jogo da ida em casa, por 2 a 1. Com o resultado anterior, o clube visitante jogará até pelo empate para avançar de fase.

Já para o Jacaré, apenas a vitória interessa. Caso faça 2 a 1, a partida irá para a decisão por pênaltis. Por isso, todas as atenções da equipe candanga estão viradas para o confronto, que marca o duelo de volta da primeira fase da competição nacional, para depois virar a chave novamente para o Candangão.

BRASILIENSE

Visando a sequência de jogos importantes em competições nacionais, entre Copa Verde e Copa do Brasil, o Brasiliense acabou sendo eliminado na semana passada da segunda maior competição do país para o Oeste-SP, quando acabou empatando em 1 a 1, jogando em casa.

Porém, dois dias depois, a redenção, com a vitória no clássico contra o Gama, acabou incentivando os candangos para seguirem firmes em busca do segundo objetivo, que é agora a classificação à segunda fase da Copa Verde.

Durante o “recesso” de Carnaval a equipe trabalhou forte visando esse importante duelo contra o Atlético-ES e o treinador Rafael Toledo terá grande parte do time disponível para o confronto. As voltas do volante Radamés e do goleiro Edmar Sucuri, suspensos no Candangão, deixarão a equipe mais estabilizada, assim, juntando com a força ofensiva de Souza, Nunes e Reinaldo na frente. Já Cicinho e Luquinhas, seguem no Departamento Médico, buscando rápida recuperação para a volta aos gramados.

ATLÉTICO-ES

Assim como o Brasiliense, o Atlético de Itapemirim também foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil, quando perdeu para o Remo-PA por 2 a 0. Em quarto lugar no Capixabão 2018, o Galo Capixaba vem a Brasília em busca da classificação, usando principalmente a vantagem embaixo do braço, tendo em vista que venceu o time candango no jogo da ida por 2 a 1, jogando em casa.

Com foco na classificação, o time capixaba embarcou para o DF na última terça-feira com algumas modificações. A principal será na lateral esquerda, quando Filipe Foca, que inclusive jogou o duelo de ida, desfalcará o time por problemas musculares. Em seu lugar entra Paulinho, jogador que atuou em 11 das 13 partidas da equipe na temporada e tem a confiança do treinador Zé Humberto. Apesar da alteração, a base da equipe será a mesma que atuou no jogo de ida.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE X ATLÉTICO-ES

Copa Verde 2018 – 1ª fase (jogo de volta)

Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha, Brasília-DF

Quinta-feira, 15/02/2018 – 20h30

Árbitro: Andrey da Silva-PA

A1: Marcio Gleidson Correia Dias-PA

A2: Luís Diego Nascimento Lopes-PA

4º árbitro: Rafael Diniz -DF

ATLÉTICO-ES

Bambu; Paulinho, Rhayne, Kleber Viana e Marcos Felipe; Vitor, Fabiano, Araruama e Zizu; Eraldo e Pikachu.

Técnico: Zé Humberto

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Patrick, Welton Felipe, Wallace e Gérson; Aldo, Radamés e Felipe Cirne; Reinaldo, Romarinho e Nunes.

Técnico: Rafael Toledo

Por Lucas Bolzan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *