Cruzeiro perde e está eliminado da Copa São Paulo

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

Na noite de hoje, o Cruzeiro enfrentou o Botafogo de Ribeirão Preto pelo segundo jogo do grupo 10 da Copa São Paulo de Juniores 2018, desesperado por uma vitória para evitar a eliminação precoce. Após a derrota para o São Paulo na estréia por 6×2, Pedro Granato promoveu três alterações na equipe titular. O goleiro Avatar, o lateral direito Cezinha e o meia Déryk perderam espaço para Guilherme, Mychel e Dan, respectivamente. Os dois últimos inclusive entraram em campo vindo do banco na partida passada. Mesmo assim, as trocas não surtiram efeito, o time foi massacrado pelos donos da casa e com isso está eliminado com uma rodada de antecedência.

O JOGO

Logo aos cinco minutos, o Cruzeiro saiu jogando errado, Felipe Andrade aproveitou e chutou forte para boa defesa do goleiro Guilherme. Aos 14′, Micael recebeu livre pela esquerda e já dentro da área tentou o drible: Jeovane meteu a mão nela. Penalti! Marcos Antonio foi pra cobrança e converteu para o Pantera. Na sequencia, aos 18 minutos, Guilherme e Igor cochilaram na defesa candanga, perderam a bola e Micael aproveitou para ampliar o placar para 2×0. Depois cobrança de escanteio, aos 27 minutos, a defesa afastou mal e a bola ficou com Jonathan Machado que empurrou pra rede e aumentou o massacre para 3×0. O Carcará estava encurralado e quase não passava do meio campo. Para piorar tudo, aos 35 minutos Xande fez falta no meio campo e tomou amarelo. Na sequencia do lance, David, que já tinha cartão, reclamou com o juiz e foi expulso de campo, deixando o Cruzeiro em maus lençóis.

No segundo tempo o Cruzeiro voltou com Déryk na vaga de João Augusto para tentar diminuir o prejuízo. Nos primeiro minutos, o Carcará demonstrou vontade e tentou pressionar, mesmo com um a menos em campo. Com a marcação reforçada do Cruzeiro e o resultado praticamente garantido para o Botafogo, o segundo tempo foi bem “morno”. O Cruzeiro chegou com perigo apenas aos 38 minutos da segunda etapa, após cobrança de falta, quando Rodrigo cabeceou e Peterson mandou pra escanteio, e foi só.

A derrota por 3×0 faz com que o Cruzeiro dê adeus á Copinha sofrendo nove gols em dois jogos. Na próxima terça-feira, contra o Sergipe, o Carcará encerra sua participação, a partir das 19h30.

FICHA TÉCNICA
Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018
Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto-São Paulo
Sábado, 06/01/2018 – 19h

BOTAFOGO-SP 3
Peterson; Juninho, Léo Gregório, Lucas Santana (Nathan) e Gabriel Henrique; Jonathan Machado (Matheus Prado), Caique, Felipe Andrade (Luiz Fernando) e Marcos Antonio (Fernando); Micael (Danilo Matheus) e Luqueta (Antônio Augusto).
Técnico: Rogério Corrêa

CRUZEIRO F.C 0
Guilherme; Mychel (Paulinho), Rodrigo, David e Igor; Jeovane (Nalbert), Xande, Ramon (Dudu), Carlos Alberto (Caio Carioca); Dan (Victor Hugo) e João Augusto (Déryk).
Técnico: Pedro Granato

Gols: Marcos Antônio, Micael, Jonathan Machado (BFC)
Cartões Amarelos: Jeovane, David, Xande (CRU) / Felipe Andrade, Fernando (BFC)
Cartões Vermelhos: David (CRU)
Árbitro: Saulo Samuel Muniz Felix/SP
Auxiliar 1: José Paulo Ferreira Martins Mariano/SP
Auxiliar 2: Adilson Roberto de Oliveira
4º Arbitro: Antônio Carlos de Sousa Junior

Os comentários estão encerrados.