Ex tenista promove projeto para deficientes

Foto: Gabriel Guedes/Profissionais do Texto

Nos anos noventa a tenista Cláudia Chabalgoity era a representante feminina do Brasil no circuito de tênis mundial. Natural de Brasília (DF), Chabalgoity foi número 121 do mundo em simples e 102 em duplas. A atleta também disputou o US Open e Roland Garros e ainda tem em seu currículo duas medalhas de prata nos Jogos Pan-americanos de Havana (1991). Claudia abandonou a carreira profissional de tenista em 1994, depois de garantir nove títulos em torneios do Circuito ITF.

Em 1997, Claudia começou um trabalho pioneiro no país, o Programa de Desenvolvimento do Tênis em Cadeira de Rodas. Em 2000, criou o Programa Inserir, para a inserção social dos portadores de necessidades especiais através do tênis. Foi a responsável pelo 1º Mundial de Tênis em Cadeira de Rodas na America Latina, em Brasília (2006). Após se formar em Psicologia, Cláudia agora encara um novo desafio, o projeto “Tô no Jogo” voltado para pessoas com deficiência física ou intelectual.

Foto: Gabriel Guedes/Profissionais do Texto

Em uma parceria com a APAE e a Associação Pestalozzi, uma equipe de profissionais composta por dois professores, uma psicóloga e uma terapeuta corporal é colocada à disposição dos alunos “especiais”. Desde o início deste ano, as aulas  são realizadas nas quadras de tênis do Clube da Assefe visando a socialização e a melhora na auto estima dos atletas. Segundo a sua Assessoria de Imprensa, o projeto que possui o incentivo do BRB atende entre 30 a 35 pessoas com direito a transporte gratuito.

A intenção do Projeto “Tô no Jogo” é ampliar o leque de atividades como tênis de cadeira de rodas, um esporte paralímpico. As atividades são realizadas duas vezes por semana (Quarta e Sexta Feiras) das 14:00 às 16:00. Quem quiser saber mais sobre o projeto pode acessar o Facebook do projeto “Tô no Jogo”, ou por meio do telefone (61) 99636-8587.

Os comentários estão encerrados.