Liga Ouro define times e DF terá dois representantes

Arte: Lucas Bolzan

Após alguns meses de luta, enfim a “novela” dos participantes da Liga Ouro teve seu fim. A Liga Nacional de Basquete (LNB), divulgou nessa terça-feira (19), a lista oficial dos times que irão disputar a competição de acesso no ano de 2018 e o Distrito Federal terá dois times que tentarão levar o basquete da capital de volta à elite, após o (possível) fim do Uniceub/BRB/Brasília.

Das 14 equipes que fizeram pré-inscrição para a competição, cinco desistiram restando apenas nove que jogarão a Liga Ouro. Aqui em Brasília, três equipes lutavam atrás de garantias para confirmar a participação: Cerrado Basquete, Basquete DF e Brasília Basquete. De todas os times, uma desistiu, por falta de recursos, que foi o Brasília Basquete, conforme anunciamos em nosso site.

Apesar do Brasília Basquete ter desistido, dois times continuaram na luta, conseguiram as garantias e representarão o DF na competição nacional. Caso do Cerrado Basquete, que através de alguns apoios conseguiu a garantia mínima para participar,  e agora o Basquete DF, de Jorge Bastos, ex-dono do Universo Brasília, que fez todo o trabalho por “debaixo dos panos” e também confirmou a participação.

Universo/Basquete DF está de volta

O Basquete DF, que está de volta ao basquete da capital e nacional, com o codinome de Universo Brasília, terá como treinador Brenno Blassioli, ex-auxiliar de Bruno Savignani (novo treinador do Corinthians na temporada 2018) e Micael Swioklo, como auxiliar técnico da equipe.

“Matando as saudades” de seu principal mando, a equipe deverá mandar seus jogos no Ginásio da Asceb, palco onde o basquete da capital almejou grandes conquistas. Fontes do basquete candango nos informaram que a equipe deverá iniciar os trabalhos a partir do dia 15 de janeiro.

A reportagem do DF Sports tentou entrar em contato com integrantes da equipe, mas não obteve retorno

Dimitri, do Cerrado: “Que sejamos abraçados pela população de Brasília”

Após muita luta de “idas e vindas”, o projeto do Cerrado Basquete realizará o sonho de disputar uma competição nacional. Depois de ter conseguido em data limite as garantias para participação na Liga Ouro, agora o foco é a preparação da equipe para começar a temporada.

Treinando no ginásio da IESPLAN, local onde inclusive mandará os jogos, a representante do DF será liderado por Marcão, treinador que inclusive vem há tempos trabalhando forte dentro do basquete do DF – inclusive com o Cerrado – conquistando títulos locais e regionais.

Agora sabendo de seus adversários na Liga Ouro, o diretor do Cerrado Basquete, Dimitri Rodrigues, com exclusividade ao DF Sports, agora espera, através de seu projeto, ser abraçado de vez pela população do DF, durante a competição: “A expectativa do Cerrado é que possamos fazer uma competição de maneira brilhante, que sejamos abraçados pela população de Brasília nessa competição e nosso objetivo é estar entre os três primeiros ao final da Liga Ouro”, comentou.

Ainda na luta por apoiadores, o gestor do Cerrado, apela mais uma vez por ajuda. “Continuamos nossa busca por patrocinadores, parceiros que queiram nos ajudar nesse caminho que estamos querendo trilhar. Esperamos o apoio de toda a comunidade esportiva por essa vaga que conquistamos com tanta luta e que construiremos os caminhos vitoriosos no basquetebol de Brasília”, finalizou.

Início em fevereiro

Com as equipes confirmadas, a LNB dará início a Liga Ouro 2018, no dia 26 de fevereiro. O DF, ao lado de Santa Catarina e São Paulo será o estado com o maior número de equipes, duas. Confira os participantes:

  • Cerrado Basquete (DF)
  • Universo/Basquete DF (DF)
  • Apab/Blumenau (SC)
  • Brusque (SC)
  • Corinthians (SP)
  • São José (SP)
  • Unifacisa/Campina Grande (PB)
  • Londrina (PR)
  • Macaé (RJ)

Por Lucas Bolzan

Os comentários estão encerrados.