Empate amargo: Cresspom e Cruzeiro ficam no zero a zero Capa

maio 29, 2022 0 Por Admin

/* inline tdc_css att */ .tdi_17{ text-align:left !important; position:relative; } /* custom css */ .tdb_single_content{ margin-bottom: 0; *zoom: 1; }.tdb_single_content:before, .tdb_single_content:after{ display: table; content: ”; line-height: 0; }.tdb_single_content:after{ clear: both; }.tdb_single_content .tdb-block-inner > *:not(.wp-block-quote):not(.alignwide):not(.alignfull.wp-block-cover.has-parallax):not(.td-a-ad){ margin-left: auto; margin-right: auto; }.tdb_single_content a{ pointer-events: auto; }.tdb_single_content .td-spot-id-top_ad .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Top Ad’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad0 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 1’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad1 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 2’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad2 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 3’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-bottom_ad .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Bottom Ad’ !important; }.tdb_single_content .id_top_ad, .tdb_single_content .id_bottom_ad{ clear: both; margin-bottom: 21px; text-align: center; }.tdb_single_content .id_top_ad img, .tdb_single_content .id_bottom_ad img{ margin-bottom: 0; }.tdb_single_content .id_top_ad .adsbygoogle, .tdb_single_content .id_bottom_ad .adsbygoogle{ position: relative; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center{ margin-bottom: 15px; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left img, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right img, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center img{ margin-bottom: 0; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center{ text-align: center; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center img{ margin-right: auto; margin-left: auto; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left{ float: left; margin-top: 9px; margin-right: 21px; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right{ float: right; margin-top: 6px; margin-left: 21px; }.tdb_single_content .tdc-a-ad .tdc-placeholder-title{ width: 300px; height: 250px; }.tdb_single_content .tdc-a-ad .tdc-placeholder-title:before{ position: absolute; top: 50%; -webkit-transform: translateY(-50%); transform: translateY(-50%); margin: auto; display: table; width: 100%; }.tdb_single_content .tdb-block-inner.td-fix-index{ word-break: break-word; }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center { margin: 0 auto 26px auto; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left { margin-right: 0; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right { margin-left: 0; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .td-a-ad { float: none; text-align: center; } .tdb_single_content .td-a-ad img { margin-right: auto; margin-left: auto; } .tdb_single_content .tdc-a-ad { float: none; } }@media print { .single .td-header-template-wrap, .single .td-footer-template-wrap, .single .td_block_wrap:not(.tdb_breadcrumbs):not(.tdb_single_categories):not(.tdb-single-title):not(.tdb_single_author):not(.tdb_single_date ):not(.tdb_single_comments_count ):not(.tdb_single_post_views):not(.tdb_single_featured_image):not(.tdb_single_content) { display: none; } .single.td-animation-stack-type0 .post img { opacity: 1 !important; } } .tdi_17_rand_style > .td-element-style-before { content:” !important; width:100% !important; height:100% !important; position:absolute !important; top:0 !important; left:0 !important; display:block !important; z-index:0 !important; background-position:left top !important; background-size:cover !important; } – Continua após a publicidade – O Cresspom foi até Minas Gerais para enfrentar o Cruzeiro, em partida válida pela 10° rodada da série A1 do Brasileirão Feminino. Em 14º na tabela, o time só venceu um jogo no campeonato e precisava da vitória para tentar fugir da zona do rebaixamento. Em 12º na classificação, o Cruzeiro não vive uma realidade muito melhor: são apenas duas vitórias no torneio. O jogo começou equilibrado, com poucas chegadas perigosas de ambos os lados. O Cresspom apareceu tentando o ataque, mas não conseguiu surpreender no primeiro tempo. Na segunda etapa, o jogo ficou mais tranquilo, sem perigo e com quase nenhuma tentativa arriscada das equipes. Mesmo jogando bem, o time visitante não conseguiu marcar e volta para Brasília com mais um empate na competição.

Primeiro tempo

O confronto começou equilibrado, mas o Cresspom, pressionando um pouco mais, buscou mais o ataque do que o time mandante. Nos primeiros minutos, o time chegou bem, mas sem jogadas arriscadas. Com cinco minutos de bola rolando, o Cresspom foi para a cobrança de escanteio, que não deu em nada, mas na sobra de bola Keke foi oportunista, chutou forte e a bola saiu desviada.  Um minuto depois, Mari Santos deu uma arrancada, chegou perto de marcar, porém foi travada pela zaga do time visitante. Aos 15 minutos, o juiz apitou falta para a equipe do Cruzeiro. Mari Pires foi para a cobrança e chutou bem, mas a bola foi direto no travessão. Não demorou muito para o Cresspom reagir e criar uma jogada perigosa. Logo na sequência da cobrança de falta, Dani Batista recebeu a bola, chutou bem e assutou a goleira Taty, que conseguiu defender e impedir o gol. Dez minutos se passaram e nada de sair gol. Com 25, Karen até chegou bem na bola, mas furou na cara do gol. Aos 29, Keke e Taty tiveram uma dividida de bola violenta. Depos do lance, Keke saiu amarelada, Taty foi expulsa e o juiz apitou falta para o Cresspom. Bárbara foi para a cobrança, chutou fraco e a bola foi fácil na mão de Tais. Mesmo com uma a menos, o Cruzeiro terminou o primeiro tempo jogando melhor. O time soube se organizar em campo e conseguir espaços importantes, principalmente pelas laterais. O rendimento melhor não mudou a realidade do placar e o primeiro tempo terminou sem gols.

Segundo tempo

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo começou agitado e com mais movimentações no campo. A primeira tentativa partiu do time candango, com Keke. A jogadora foi na área, chutou forte e a bola parou na trave. Na reação, a equipe mandante conseguiu puxar o contra-ataque, mas a finalização não foi boa. Aos 12 minutos, Keke chegou na bola mais uma vez, dominou e chutou bem, mas Tais foi rápida e segurou a bola. Dez minutos depois, Vanessinha aproveitou a falta de organização do time do Cresspom, conseguiu a bola e chutou. Quezia demorou para reagir, mas conseguiu defender. Com 29 minutos, Bruna Amarante tentou um cruzamento para a área, mas a bola passou de raspão no braço da jogadora do Cruzeiro. Juiz apitou falta e Isa foi na cobrança: chutou fraco e a bola parou na barreira. Com o jogo se encaminhando para o final, Thalita arriscou de longe e a bola saiu pelo lado do gol. Aos 48, antes do apito final, Mari Santos tentou finalizar e não conseguiu. O time mandante conseguiu se impor nos minutos finais. Com uma a menos, o Cruzeiro conseguiu pressionar o Cresspom, mas não o suficiente para marcar. Final do jogo: Cruzeiro 0 x 0 Cresspom.

Próximos confrontos

Os dois times ainda precisam de uma arrancada nessa fase final de campeonato. Todo ponto é importante para sair da zona da degola. No próximo domingo (5), o Cresspom recebe o São Paulo, no estádio Abadião, às 15h. O adversário vem de uma campanha melhor: ocupa o quarto lugar na tabela e soma cinco vitórias, duas derrotas e dois empates. Já o Cruzeiro viaja até a capital federal para enfrentar o Real Brasília, no Defelê. A partida também está marcada para o dia 5 de maio, às 15h.

Ficha técnica

Cruzeiro 0  Taty; Isa, Korina, Ambrózio, Nine; Janaína, Carol, Mari Pires; Karen, Mari Santos e Vanessinha. Técnico: Felipe Freitas Cresspom 0 Quezia; Thamires Buga, Camila Santos, Bruna Amarante, Jaqueline; Nath Pitbull, Silvana, Keke, Patricia; Barbara Chagas e Dani Batista. Técnico: Robson Marinho – Publicidade –