Retrospecto positivo: Flamengo tem bons números no Mané Garrincha

Retrospecto positivo: Flamengo tem bons números no Mané Garrincha

julho 14, 2022 0 Por Admin

/* inline tdc_css att */ .tdi_17{ text-align:left !important; position:relative; } /* custom css */ .tdb_single_content{ margin-bottom: 0; *zoom: 1; }.tdb_single_content:before, .tdb_single_content:after{ display: table; content: ”; line-height: 0; }.tdb_single_content:after{ clear: both; }.tdb_single_content .tdb-block-inner > *:not(.wp-block-quote):not(.alignwide):not(.alignfull.wp-block-cover.has-parallax):not(.td-a-ad){ margin-left: auto; margin-right: auto; }.tdb_single_content a{ pointer-events: auto; }.tdb_single_content .td-spot-id-top_ad .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Top Ad’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad0 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 1’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad1 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 2’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-inline_ad2 .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Inline Ad 3’ !important; }.tdb_single_content .td-spot-id-bottom_ad .tdc-placeholder-title:before{ content: ‘Article Bottom Ad’ !important; }.tdb_single_content .id_top_ad, .tdb_single_content .id_bottom_ad{ clear: both; margin-bottom: 21px; text-align: center; }.tdb_single_content .id_top_ad img, .tdb_single_content .id_bottom_ad img{ margin-bottom: 0; }.tdb_single_content .id_top_ad .adsbygoogle, .tdb_single_content .id_bottom_ad .adsbygoogle{ position: relative; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center{ margin-bottom: 15px; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left img, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right img, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center img{ margin-bottom: 0; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center{ text-align: center; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center img{ margin-right: auto; margin-left: auto; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left{ float: left; margin-top: 9px; margin-right: 21px; }.tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right{ float: right; margin-top: 6px; margin-left: 21px; }.tdb_single_content .tdc-a-ad .tdc-placeholder-title{ width: 300px; height: 250px; }.tdb_single_content .tdc-a-ad .tdc-placeholder-title:before{ position: absolute; top: 50%; -webkit-transform: translateY(-50%); transform: translateY(-50%); margin: auto; display: table; width: 100%; }.tdb_single_content .tdb-block-inner.td-fix-index{ word-break: break-word; }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right, .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-center { margin: 0 auto 26px auto; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-left { margin-right: 0; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .id_ad_content-horiz-right { margin-left: 0; } }@media (max-width: 767px) { .tdb_single_content .td-a-ad { float: none; text-align: center; } .tdb_single_content .td-a-ad img { margin-right: auto; margin-left: auto; } .tdb_single_content .tdc-a-ad { float: none; } }@media print { .single .td-header-template-wrap, .single .td-footer-template-wrap, .single .td_block_wrap:not(.tdb_breadcrumbs):not(.tdb_single_categories):not(.tdb-single-title):not(.tdb_single_author):not(.tdb_single_date ):not(.tdb_single_comments_count ):not(.tdb_single_post_views):not(.tdb_single_featured_image):not(.tdb_single_content) { display: none; } .single.td-animation-stack-type0 .post img { opacity: 1 !important; } } .tdi_17_rand_style > .td-element-style-before { content:” !important; width:100% !important; height:100% !important; position:absolute !important; top:0 !important; left:0 !important; display:block !important; z-index:0 !important; background-position:left top !important; background-size:cover !important; } – Continua após a publicidade –

Por João Marcelo Pepi e Rayssa Loreen O Flamengo tem jornada dupla na capital federal neste mês de julho. O time carioca entra em campo contra o Coritiba neste sábado (16/7), e enfrenta o Juventude, na quarta (20/7), em partidas da Série A do Brasileirão. Porém, o clube rubro-negro já fez do Mané Garrincha a sua segunda  casa e marcou presença aqui em outras 67 oportunidades. Destes confrontos, mais da metade foram vencidos e em apenas sete saiu derrotado.

A primeira visita a Brasília foi em 1976, pelo torneio amistoso Governador Elmo Serejo. A equipe voltou para a casa com a vitória por 2 a 1 em cima do Brasília, com gols de Zico e Geraldo. Desde então, o clube carioca jogou mais 66 vezes no estádio nacional. No cenário geral, os resultados são favoráveis ao time rubro-negro: 36 vitórias, 24 empates e sete derrotas. Com esses números, o Flamengo tem 65,7% de aproveitamento jogando nos gramados do Mané Garrincha – 59,6% depois da reconstrução do estádio, em 2013.

Antes da reconstrução

Para receber as partidas da Copa do Mundo de 2014, o Estádio Nacional Mané Garrincha ficou em obras entre 2010 e 2013. Antes disso, o Flamengo disputou 34 jogos na arena, garantiu a vitória 21 vezes e empatou dez. O clube rubro-negro perdeu apenas três jogos neste período, ou seja, 10,4% dos seus confrontos em solo brasiliense.

Foto: Jonas Pereira/Distrito do Esporte – Continua após a publicidade –

Nessa época, o time já mexia com a paixão dos torcedores. Em 1984, a equipe rubro-negra entrou em campo contra o Brasília pela Série A do Campeonato Brasileiro. A vitória por 2 a 0 foi diante do público de 47.531 pessoas. Em 2000, o Flamengo enfrentou o Gama e também contou com a casa cheia, 43.287 torcedores marcaram presença na partida que terminou em 4 a 2 para o time visitante.

Depois da reconstrução

Depois de um tempo sem jogar na capital federal, o Flamengo retornou com resultados positivos. O primeiro jogo depois das obras no Mané Garrincha foi contra o Santos, em um empate sem gols. A partida levou 63.501 torcedores ao estádio, além de marcar a despedida do Neymar. Depois deste jogo, os números do rubro-negro evoluíram. De 2013 até maio de 2022, foram 33 jogos: 15 vitórias, 14 empates e quatro derrotas. Assim, o Flamengo venceu 45,4% dos jogos que disputou nesse período e perdeu apenas 12,1% das partidas.

Adversário do jogo de sábado (16/7), o Coritiba é um oponente conhecido do Flamengo no Mané Garrincha após a reconstrução. O confronto entre as equipes rendeu um dos maiores públicos do estádio, quando mais de 67 mil torcedores foram ao Mané Garrincha em 17 de setembro de 2015. Porém, o retrospecto contra os paranaenses não é positivo. O Flamengo ainda não conseguiu vencer do Coxa em Brasília: no histórico, uma derrota por 2 a 0 e um empate em 2 a 2.

Veja os pontos de vendas de ingressos para a partida

Jogos importantes

Além das disputas do Brasileirão, o Flamengo também decidiu duas Supercopas em Brasília. Em 2020, o time enfrentou o Athletico Paranaense na competição e venceu por 3 a 0 com gols de Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta. Em 2021, o time carioca levantou a taça de campeão de novo, dessa vez em cima do Palmeiras após emocionante disputa de pênaltis.

Foi também no Mané Garrincha que o Flamengo conseguiu se classificar para as semifinais da Libertadores 2021. Nas quartas de final da Copa, o time enfrentou o Olimpia-PAR e venceu por 5 a 1. O jogo aconteceu durante a pandemia e o público foi de apenas 11.211 pessoas. Antes disso, nas oitavas, os rubro-negros viram o confronto contra o Defensa y Justicia-ARG quando o Flamengo venceu por 4 a 1.

Foto: Luã Tomasson/Distrito do Esporte

Último jogo no Distrito Federal

A última vez que o Flamengo jogou em Brasília foi em maio deste ano, no dia das mães. A partida foi contra o Botafogo e contou com a presença de mais de 50 mil torcedores. Dessa vez, o alvinegro carioca levou a melhor e conseguiu vencer por 1 a 0. Com a derrota, o Flamengo perdeu a invencibilidade que já durava seis anos na capital federal.

– Publicidade –